Informações Gerais

Conforme Lei Federal 11.788, que dispõe sobre o estágio de estudantes, estágio é ato educativo escolar supervisionado, desenvolvido no ambiente de trabalho, que visa à preparação para o trabalho produtivo de alunos que estejam freqüentando o ensino regular em instituições de educação. O estágio deve fazer parte do projeto pedagógico do curso, além de integrar o itinerário formativo do aluno, ou seja, o integrar o currículo do curso. O estágio poderá ser obrigatório ou não obrigatório. Estágio não-obrigatório é aquele desenvolvido com o atividade opcional, acrescida à carga horária regular e obrigatória. Esse acréscimo à carga horária obrigatória para integralização curricular costuma ocorrer na forma de disciplinas optativas ou de atividades complementares.

O  estágio curricular não obrigatório é o único previsto no Projeto Pedagógico do Curso de Ciências da Computação.  No caso do Curso de Ciências da Computação, o estágio curricular não-obrigatório é previsto para ser implementado pelas disciplinas INE5444 (Estágio Supervisionado I), com pré-requisito INE5417 (Engenharia de Software I) e também INE5445 (Estágio Supervisionado II), que integram o itinerário formativo do aluno e acrescentam carga horária regular e obrigatória à atividade de estágio. Uma vez que INE5417 está no 4o período do Currículo do Curso, o Projeto Pedagógico prevê que os alunos podem realizar estágio a partir do 5o período (após aprovados em INE5417). Não existe estágio desvinculado do currículo do Curso e das disciplinas optativas de Estágio Supervisionado I e II. Se você tiver dúvidas ou não se encaixar na regra definida pela Lei Federal 11.788, venha conversar com o Coordenador de Estágios.

As condições para um aluno realizar estágio incluem, dentre outras:  (i) comprovação de matrícula e frequência regular do aluno no curso; (ii) alunos a partir do 5º período, com matrícula em uma das disciplinas de Estágio Supervisionado (INE5444 ou INE5445); (iii) compatibilização entre as atividades previstas no termo de compromisso e a área de formação do aluno; (iv) inclusão e registro da atividade de estágio no sistema informatizado de estágios da Universidade; (v) acompanhamento e avaliação, pelo professor orientador designado pela Universidade, das atividades desenvolvidas no estágio; e (vi) acompanhamento, pelo supervisor vinculado ao campo de estágio, das atividades desenvolvidas no estágio.

É importante lembrar que poderá ocorrer o desligamento do aluno do estágio quando, dentre outras: (i) em decorrência do descumprimento do plano de atividades de estágio; (ii) pela interrupção do curso de graduação na Universidade; (iii) se comprovada a insuficiência na avaliação de desempenho no órgão, na entidade concedente ou na instituição de ensino; e (iv) por conduta incompatível com a exigida pela entidade concedente ou pela instituição de ensino, como por exemplo baixo desempenho acadêmico (IAA<6.0 ou IPC<1.0) ou por reprovações durante o período de estágio (uma disciplina por FI num semestre ou mais de 25% das disciplinas cursadas).

Pode-se realizar estágio em ambientes de trabalho pertinentes ao desenvolvimento de atividades de aprendizagem profissional relacionadas com a área de formação e que complementem o perfil do egresso. As oportunidades de estágios para alunos do Curso de Ciências da Computação podem ser encontradas no website de estágios da UFSC. As unidades concecentes de estágio devem divulgar seus estágios no mesmo website.